Princípios anti-stress

» 3.6 Gestão do stress » Princípios anti-stress


 Princípios anti-stress


Quais são os princípios básicos a seguir para criar uma estratégia anti-stress?


Uma prática de vida anti-stress deve guiar-se pelos seguintes princípios orientadores:

1 - Desenvolver uma consciência de si próprio de dentro para fora e não de fora para dentro. Deixar de depender da sua imagem perante os outros, raíz do stress psico-social.

2 - Ser mais tolerante e menos exigente consigo mesmo, reconhecendo de boa fé que o mérito é sempre relativo, e que o mérito não é necessáriamente o único padrão de valores na vida.
 
3 - A adicção às sensações não deve comandar o comportamento. Contudo, as sensações devem ser respeitadas, ainda que de natureza efémera. Não depender, mas não abdicar, de sensações agradáveis é uma estratégia anti-stress.

4 - Procurar descansar, em momentos escolhidos para si mesmo. O descanso não tem que ser apenas quando se dorme. Mesmo dormindo, se estiver sob stress não irá descansar. O descanso pede tempo fora de estímulos externos, aproveitando para se concentrar com atenção num só assunto de cada vez.

5 - Reforçar a sua relação com as forças da Natureza, aproximando-se dela e observando-a e sentindo-a. Para isso convém entrar a fundo nessa experiência de contacto e de observação. Pode-se meditar caminhando num parque, numa floresta ou numa praia deserta.

6 - Desligar o corpo, a mente e o espírito da pressão da informação, dos contactos e dos compromissos.

7 - Recriar o seu espaço íntimo, preservando-o de energias tecnológicas nocivas, de poluição química, e de excesso de coisas a limpar e a manter. 

8 - Procurar simplicidade, integridade e revitalização nos seus hábitos alimentares, no exercício físico e na meditação regular. Primar pela qualidade e não pela quantidade.



Imprimir   
topo topo
Geohabitat (c) 2009